• 30/11/2018
  • 0 Comentários
  • POR Polifrete

5 dicas de como se programar para 2019 e sair na frente do mercado de frete rodoviário


O biênio 2018/2019 deve marcar a consolidação de um novo ciclo para a economia brasileira. O mercado prevê retomada gradual da economia em 2019. A troca de governo deve impulsionar investimentos no setor de transportes, a
Tabela de Frete instituída pela Medida Provisória 832/18 terá validade até o dia 20 de janeiro de 2019.

De acordo com a Medida Provisória, as novas tabelas deverão ser publicadas até os dias 20 de janeiro e 20 de julho de cada ano e serão válidas para o semestre em que forem editadas. Os sinais positivos são vários, apesar da instabilidade política do ano eleitoral, que inviabilizou a agenda de reformas.

A partir de 1º de janeiro de 2019, o Brasil terá um novo presidente da República, e os transportadores já estão na expectativa de o país iniciar um novo ciclo exitoso, de desenvolvimento e de geração de empregos e riquezas.

O presidente eleito Jair Messias Bolsonaro, 63 anos, sinalizou, em seu plano de governo, que deve priorizar o setor de transporte e infraestrutura e para isso, pretende investir na desburocratização e simplificação de processos. A premissa do plano vitorioso é a de que o baixo risco regulatório poderá atrair investimentos e consequentemente, reduzir o desemprego e os custos.

Jair Bolsonaro defende a integração de rodovias e ferrovias para melhorar o transporte de cargas e a pasta de Transportes dará lugar ao Ministério da Infraestrutura. Em reunião com sua equipe ele vem trabalhando no desenho de uma estrutura de governo com ao menos 15 ministérios, em que, as pastas de Transportes e de Minas e Energia não serão fundidas, descartando, então, a possibilidade da criação de um superministério que uniria as áreas ligadas ao transporte e à energia.

A expectativa do setor de transportes é que em 2019 todos se unam em favor do bem comum, em busca de uma harmonia social e da retomada do desenvolvimento econômico do Brasil. Os rumores, até o momento, é que o Ministério dos Transportes – que já abraça Portos e Aviação Civil – seja renomeado para de Infraestrutura.

Diante desse novo cenário que está surgindo, o Blog Polifrete apresenta 5 dicas de como se programar para 2019 e sair na frente do mercado de frete rodoviário com sucesso:

1 – Centralização Logística: ela automatiza o compartilhamento de informações entre sistemas da empresa ou de parceiros, dispensando a inserção de dados manualmente, eliminando erros de digitação, ganhando maior agilidade no tempo de processamento de dados e economia de recursos, ou seja, esse processo facilita e confere maior agilidade à transmissão eletrônica de dados de uma organização e possibilita a redução de intervenção humana, colaborando com a diminuição de erros. Saiba mais clicando aqui.

2 – Gestão de Fretes: com a crescente informatização, os consumidores têm se tornado cada vez mais exigentes, esperando por um serviço de qualidade e, ao mesmo tempo, rápido. Por esse motivo, ter um bom sistema para gestão de fretes é imprescindível para o seu negócio se destacar frente à concorrência. Saiba mais clicando aqui.

3 – Previsão dos rendimentos: para aumentar o seu faturamento, o caminhoneiro precisa conhecer todas as possibilidades existentes no mercado. As novas tecnologias, que além de modernizar o negócio, é uma tendência que garante grandes vantagens competitivas, eficientes e produtivas. Estratégias que você pode utilizar são as tecnológicas, como os aplicativos de frete, agarrar oportunidades, ir atrás de fretes retorno, diversificar os serviços, driblar a concorrência, ter o cálculo do frete como rotina, entre outros. Saiba mais clicando aqui.

4 – Tecnologia: é um dos serviços que mais tem impulsionado as empresas rumo ao sucesso. Nas operações logísticas de frete, ela otimiza processos, trazendo impactos positivos e é essencial, visto que, melhora a eficiência nos deslocamentos, torna as operações mais em conta e mais ágeis e atende as expectativas dos clientes.

A logística é um dos setores que mais tem se beneficiado dos avanços tecnológicos, por meio de soluções fornecidas pela Tecnologia da Informação e Comunicação  – TIC’s, através de serviços como: Sistemas de Gerenciamento de Transporte – TMS, Sistemas de Roteirização, Rastreamento e Monitoramento e Sistemas de Gerenciamento de Armazéns – WMS. Saiba mais clicando aqui.

5 – Polifrete: plataforma essencial no ano de 2019! Ela está aí para auxiliar os caminhoneiros de forma empreendedora e também para otimizar a logística do seu negócio. Se você precisa solicitar frete ou escolher um serviço de transporte mais barato, pode resolver tudo através do aplicativo que já conquistou o mercado.

Iniciativas como o Polifrete estão revolucionando a relação entre as transportadoras e motoristas, otimizando tempo e reduzindo custos. Confira:

Com o Polifrete você gerencie sua própria rede de transportadores (autônomos/transportadoras);

Organiza seus parceiros em grupos de acordo com a sua preferência (rota, tipo de caminhão, cidade, estado, etc),

Seleciona quais grupos/parceiros vão participar de uma cotação, notificando-os automaticamente e simultaneamente via plataforma, aplicativo, e-mail e SMS;

Tem mais tempo para cuidar de questões estratégicas como adicionar novos parceiros a sua operação, avaliar preços de mercado, etc;

Confirma as entregas e avalia seus transportadores parceiros, criando histórico e ranking dos melhores, acompanha em tempo real relatórios de economia gerada e dados do processo.

Em 2019 saia na frente na contratação de fretes com o Polifrete!  É possível você economizar em média 7% na contratação de fretes rodoviários. Fale com um de nossos especialistas para saber como! Saiba mais.

Encontre-nos também nas Redes Sociais:  

Twitter
Facebook
GooglePlus
Youtube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.