• 03/08/2016
  • 0 Comentários
  • POR Bruno Gregorio

Estradas poderão ser iluminadas por cimento que emite luz

 

Após 9 anos de muito estudo e esforço, o pesquisador e Ph.D. José Carlos Rubio da  Universidade de Michoacan de San Nicolas Hidalgo, no México, encontrou uma maneira de produzir um piso capaz de emitir luz, com vida útil de cem anos.

Dependendo de José Carlos Rubio, as estradas nunca mais irão precisar de iluminação! O estudo foi bem aprofundado, necessitando de diversas experiências, pois o cimento é um corpo opaco e não permitia a passagem de luz para o seu interior. Para resolver este problema o pesquisador Rubio mudou a estrutura do cimento deixando-o completamente em forma de gel, possibilitando absorver a energia do sol e devolvê-la ao meio ambiente como luz.

O cimento brilhante elaborado por Rúbio leva apenas argila e areia, tendo com único resíduo o vapor d’agua, sendo que, esta fórmula que permite a absorção da energia solar. O cimento brilhante consegue absorver a energia do sol durante todo o dia, para permanecer iluminado por até 12 horas.

De acordo com o pesquisador Rubio, o cimento pode ser na cor azul ou verde, sendo ainda possível controlar a intensidade da luz para evitar que o brilho atrapalhe ciclistas e motoristas.

A nova tecnologia já está em fase de adaptação para ser comercializada e os cientistas continuam estudando para fazer a sua aplicação em gesso e outros produtos da construção civil, como alternativa natural, para diminuir o consumo de energia elétrica na iluminação de diversos ambientes.

 

Fonte: engenhariae.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.