• 03/07/2018
  • 0 Comentários
  • POR Polifrete

Frete CIF, você sabe como funciona?


O
Blog Polifrete irá explicar para você como o Frete CIF funciona. Frete CIF – Cost, Insurance and Freight, em português “custo, seguro e frete” é a nomenclatura usada para explicar que todos os custos e responsabilidades relativas ao transporte da mercadoria, incluindo o seguro estão embutidos no valor da compra efetuada, ou seja, são pagos pelo vendedor da mercadoria, que é responsável pela entrega até o local de destino.

“Responsabilidade”, é palavra chave nesse modelo. Quando se trata de Frete CIF a responsabilidade pelo transporte é do vendedor, ou seja, o processo da venda encerra-se somente com o aceite da mercadoria pelo comprador. Se o produto sofrer qualquer dano durante o transporte ou chegar em quantidade e condições inadequadas, é de responsabilidade do vendedor a correção destes problemas sem quaisquer custos adicionais para o comprador.

Este modelo é muito utilizado em e-commerces, como o famoso “frete grátis”, em situações onde quem vende quer proporcionar mais segurança à quem compra. Importadores também preferem utilizar o CIF porque torna o transporte mais proveitoso, visto que, eles não precisam lidar com manuseio, frete e outros detalhes complexos.

Já para o comprador o frete CIF fica mais caro. Em toda compra realizada onde o frete é grátis, na verdade, no valor da compra já estão embutidos todos os custos de transportes, como: frete pago para a transportadora, seguro da carga e custos indiretos da operação, então existe sim um valor de frete que o comprador está pagando. A diferença é que este valor não está explícito.

O prazo de entrega é o item o qual o comprador presta mais atenção durante a compra, e além de ser o mais percebido é o que tem o impacto mais direto sobre a disponibilidade do uso do produto pelo comprador. No caso do frete CIF, o prazo de entrega é parte da negociação e o vendedor pode usá-lo como diferencial competitivo em relação aos concorrentes, pois ele determina e é responsável pelo prazo de entrega.

No frete CIF, a entrega ocorre quando o cliente assina um documento, eletrônico ou não, comprovando a entrega pela transportadora e o aceite dos produtos constantes na nota fiscal.


Vantagens do Frete CIF para o vendedor:

– Pode ser um diferencial competitivo;

– Transmite maior segurança para o comprador;

– Facilita o processo de compra para o cliente;

– Entregas bem feitas ajudam na reputação da empresa;

– Em uma cultura organizacional voltada para o cliente, contribui para oferecer melhor nível de serviço e aumentar a satisfação e fidelidade.

 

Desvantagens do Frete CIF para o vendedor:

– Necessita de controle logístico da operação;

– Necessita de acompanhamento da performance dos transportadores;

– Necessita de controle de entrega;

– Problemas com a entrega afetam a reputação da empresa;

– Riscos de roubo de carga são de responsabilidade da empresa.


Vantagens do Frete CIF para o comprador:

– Facilidade no processo de compra;

– Segurança no recebimento da mercadoria, problemas são de responsabilidade do vendedor;

– Dispensa equipe logística interna para controle dos recebimentos;

– Possíveis custos logísticos menores pela dispensa de controles e gerenciamento.

 

Desvantagens do Frete CIF para o comprador:

– Falta de controle sobre prazos e condições de entrega;
– Necessita de controle logístico da operação;
– Necessita de acompanhamento da performance dos transportadores;
– Riscos de roubo de carga são de responsabilidade do comprador.


Leia também:

Entenda os detalhes sobre o frete FOB

 

É possível você economizar em média 7% com a contratação de fretes rodoviários. Fale com um de nossos especialistas para saber como! Saiba mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *