polifrete04
  • 30/08/2017
  • 0 Comentários
  • POR Polifrete

Como ter transportadores qualificados para sua carga?

 

Será que sua transportadora está tendo  transportadores qualificados para os diversos tipos de cargas existentes?

Para que sua transportadora conte com transportadores qualificados ela pode partir para a especialização, como por exemplo focar em áreas, como agronegócios, cargas sensíveis e grandes volumes. Cada área atuando como uma empresa única. Trabalhando desta forma, a empresa atinge mais eficiência e qualidade no serviço, obtendo um valor agregado muito percebido pelos clientes.

Quando a empresa torna-se especializada e com transportadores qualificados e especializados ela se torna melhor, mais rápida, reduz custos e atinge lucros maiores.

O Polifrete irá destacar 7 tipos de fretes e cargas em que sua transportadora poderá criar áreas especializadas e qualificar seus transportadores para cada tipo de segmento e as competências necessárias  para que se destaque e seja referência no mercado.

1 – Cargas Frigoríficas

Com apenas uma fatia de 3,6% do mercado nacional de cargas rodoviárias este ramo é bem segmentado e não está disponível para qualquer cidade do país, é preciso ter a sua transportadora ou caminhão próximo de frigoríficos, laticínios, indústrias de alimentos congelados, pescadores ou produtores de frutas para exportação.

A grande vantagem do segmento é o valor agregado do frete, que gira entre 30% e 50% mais alto que o frete de carga seca. Isto significa que, com um mesmo veículo (cavalo igual), com um mesmo motorista, com o mesmo tempo de ida e volta, você poderá faturar mais, e a cada duas viagens você terá o faturamento de três, e assim por diante.

Exige investimento alto, e também riscos neste ramo de transporte, mas disso depende a competência na gestão do veículo ou da transportadora.

Competências do transportador: O motorista precisa conhecer muito bem o equipamento, pois do contrário pode perder a carga, mas o valor do frete compensa, se você souber atuar nesta modalidade ganhará mais por caminhão que qualquer outro transportador de carga normal.

2 – Cargas Vivas

O transporte de cargas vivas é um segmento bastante delicado, que exige um maior cuidado do motorista que deve ter um planejamento do transporte e planos de ação para situações de emergência.

3 – Cargas Especiais de Grande Porte

Não é quase todo dia que você vê nas estradas uma carga de grande porte, mas elas existem e representam 2,2% do mercado brasileiro de transporte rodoviário de cargas.

É este tipo de transporte que permite a transferência de grandes peças e conjuntos estruturais, que apresentam peso e dimensões acima do estabelecido pelo código de trânsito brasileiro.

Este tipo de carga exige muito cuidado por parte do transportador no carregamento, manuseio e descarregamento, por se tratarem de materiais de grandes dimensões, que requerem cuidados especiais devido ao seu acentuado grau de risco.

Para este tipo de transporte é necessário conseguir a AET – Autorização Especial de Trânsito, além de ter um bom time preparado para conduzir toda a operação, com carros batedores e mais. Não existe padrão nesta modalidade, cada carga é um projeto novo, que precisa de planejamento e excelência na sua execução, mas apesar de dar muito trabalho é uma excelente forma de rentabilizar o seu veículo porque o custo de um frete destes é muito maior que um frete convencional.

4 – Cargas Líquidas não perigosas

O mercado de cargas líquidas não perigosas não envolve somente o transporte de água potável, você pode também transportar sucos, leite e outros produtos. Mas é necessário pesquisar o seu mercado local e entender se existe demanda, ou seja, sua transportadora deverá estar mais perto do campo que da cidade.

Uma solução para isso é usar a sua infraestrutura instalada para outro fim, como lavagem de alta pressão por exemplo. Existem inúmeras empresas e condomínios que precisam deste tipo de serviço.

5 – Transporte de Medicamentos

Transportar medicamentos pode ser uma sacada fantástica, pois é um segmento super especializado, e a maioria dos transportadores não estão dispostos a enfrentar uma série de exigências legais para estar apto na atividade.

É trabalhoso regularizar a documentação, exige a contratação de um farmacêutico responsável pelo controle da cadeia de distribuição, mas vale a pena, visto que, o seu cliente não encontrará transportadores habilitados em cada esquina. Com uma concorrência menor você tem maiores chances de praticar um preço justo de frete e exercer e sustentar um relacionamento com seu cliente por muito mais tempo.

6 – Mudanças

O ramo de mudanças é bastante concorrido e com muitos profissionais trabalhando na informalidade. É natural que grande parte trabalhe com o mercado residencial, devido à demanda maior, porém existe também um nicho de mercado comercial que pode ser trabalhado.

No mercado residencial para se destacar deve-se diferenciar, adotando uma série de melhorias, como por exemplo lacrar materiais, usar embalagens anti-odor, agendar a embalagem dos itens, oferecer o rastreamento da mudança, guarda de móveis, objetos de arte e decoração, site na internet, motoristas uniformizados entre outros,

Para o mercado comercial, vale as mesmas dicas dadas para o mercado residencial, é preciso se diferenciar, mostrar qualidade e excelência no que faz, isso é percebido pelo cliente. Se estas boas práticas vierem com um bom preço de serviço tenha certeza de que você ganhará o cliente e não o perderá mais.

7- Encomendas Urgentes

Quando falamos de encomendas urgentes o tipo de veículo normalmente é outro, como VUC – Veículo Urbano de Carga, utilitários e até motos. Neste, caso é necessário foco no que faz para chegar longe, precisa ser bom em algo, tão bom que o seu cliente sempre lembrará de você quando precisar daquele frete.

É preciso então, agregar valor para os veículos que você já possui, nas encomendas urgentes normalmente pensa-se em volumes pequenos, porém também existem, em certos casos, urgência em entregar grandes volumes, e é aí que entra o seu caminhão ou a sua frota. Muitas empresas de encomendas urgentes só possuem veículos pequenos, mas precisam também de veículos grandes.

Os fretes urgentes são mais caros, o que traz uma rentabilidade maior. Se este frete for um retorno, então a sua felicidade será completa! Então não perca oportunidades de rentabilizar o seu caminhão ou a sua frota, são nestes “pequenos” detalhes que você verá o lucro.

Precisando contratar fretes? Conheça nossa plataforma e utilize o nosso aplicativo Polifrete! Clique aqui para baixar

 

Encontre-nos também nas Redes Sociais:  

Twitter

Facebook

GooglePlus

Youtube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *