• 02/06/2017
  • 0 Comentários
  • POR Polifrete

7 tecnologias para evitar a escassez na cadeia de suprimentos

Na logística cada vez mais complexa da cadeia de suprimentos, a escassez de recursos é certamente algo a temer – mas, é uma questão que as organizações podem, sem dúvida, superar, desde que tenham as estratégias corretas.

Escassez, substantivo feminino que indica a qualidade de algo que é escasso. É sinônimo de falta, carência ou insuficiência, situação de pobreza. Apesar da palavra gerar medo, as cadeias de suprimentos das organizações podem gerenciar suas operações de forma mais sustentável em que a tecnologia pode funcionar como um facilitador chave para superar as maiores preocupações de escassez de recursos.

De acordo com um relatório de 2015 do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais das Nações Unidas. Em 2050, espera-se que a população mundial cresça para 9,7 bilhões, acima dos 7,4 bilhões que temos hoje, e esse número vai colocar uma enorme pressão sobre a água do mundo, matérias-primas, minerais e recursos energéticos. A escassez de água, por exemplo, terá um alto impacto para as empresas químicas e industriais que utilizam o recurso em seus processos de fabricação.

A redução da disponibilidade  o consequentemente aumento dos custos das matérias-primas e dos minerais afetará de forma negativa a acessibilidade do produto final, causando o prejuízo nas cadeias de suprimentos das organizações. As empresas de petróleo e gás já enfrentam problemas semelhantes, com a escassez de recursos energéticos resultando em altos níveis de volatilidade dos preços das commodities.

Diante desta realidade é também  cada vez mais preocupante a escassez de recursos humanos, em que 56% dos executivos das cadeias de suprimentos referem-se como “desafiador”, onde a tecnologia entra como chave para a gestão da escassez de recursos.

O Polifrete faz um alerta, pois, embora muitos profissionais da cadeia de suprimentos acreditem que estão gerenciando com sucesso a escassez de recursos, muitos ainda, não têm capacidade de superar seus desafios, e então orienta as organizações que queiram continuar prosperando nessa área a já começarem a usar algumas tecnologias chaves para enfrentar a escassez de recursos naturais e a sustentabilidade. Confira sete dicas de tecnologias chaves:


1 – Blockchain

Esse livro-razão público online é uma maneira prática para que as empresas rastreiem a origem das matérias-primas por meio da cadeia de suprimentos. Com uma lista disponível de registros visíveis, conhecidos como blocos, as organizações podem acompanhar melhor seus suprimentos e planejar potenciais falhas.


2- Sensores

As empresas estão aproveitando cada vez mais o poder dos sensores e outros dispositivos habilitados para a Internet das Coisas para monitorar e gerenciar o uso de água, energia e outros recursos na área de produção e centros de distribuição.


3 – Drones

Crianças e adultos brincam com drones de brinquedo no seu tempo livre, os militares usam drones para missões de combate… Agora, os profissionais da cadeia de suprimentos estão utilizando os drones para fazer coisas como verificar se há vazamento em oleodutos de difícil acesso.


4 – Impressora 3D

A impressão 3D está sendo utilizada pelas empresas para tudo, da criação de figuras de ação até de alimentos. Na cadeia de suprimentos, as organizações aproveitam o poder das impressões 3D para reduzir o desperdício durante o processo de produção.


5 e 6 – Big Data analytics e GPS

As empresas agrícolas combinam capacidades analíticas do GPS e do Big Data para otimizar suas atividades de crescimento.


7 – Mídias Sociais

As empresas e organizações monitoram regularmente suas mídias sociais para verificar comentários de clientes e potenciais preocupações da qualidade do produto. As organizações da cadeia de suprimentos estão atentas as conversas nas mídias sociais a fim de sinalizar certos riscos. As mídias sociais ajudam os especialistas da cadeia de suprimentos a obter informações vitais sobre como as pessoas em uma certa área estão reagindo a eventos climáticos severos que podem resultar em interrupções na cadeia de suprimentos ou disponibilidade de recursos.

O conselho do Polifrete para sua empresa, é não deixar que a escassez de recursos prejudiquem o seu negócio. Fique atento, pois, nenhuma organização da cadeia de suprimentos está isenta da escassez de recursos. Em algum momento qualquer empresa será afetada por escassez de água, minerais, matérias-primas, energia ou mão-de-obra qualificada. Por isso, você deve estar preparado para saber como superar esse obstáculo. Inovação de ponta, como as citadas acima, podem fornecer à sua empresa uma maior visibilidade em seus recursos, bem como insights sobre como sua organização pode prevenir e resolver suas preocupações de escassez de recursos internamente em toda a cadeia de suprimentos digital.

Precisando contratar fretes? Conheça nossa plataforma e utilize o nosso aplicativo Polifrete! Clique aqui para baixar

 

 

Leia também:

 

O impacto da tecnologia nas operações logísticas no frete



Encontre-nos também nas Redes Sociais:  

Twitter

Facebook

GooglePlus

Youtube

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *